terça-feira, 28 de agosto de 2007

Amigo Conflito

Quanto tempo meu velho amigo. Há mais de um ano que por estas redondezas não andavas. Nos velhos tempos que por aqui passavas, muitas coisas deixou no ar. Agora que aqui se encontra presente, trazes de novo todos esses entorpecentes, todas essas interrogações. Que saudade, meu velho amigo .Desde a ultima vez que eu não pensava, e em horas me pegava a voar. Já havia encontrado quase todas as respostas, mas agora que tu voltas me proponho a recomeçar.
Mas antes que me tortures com seus velhos enigmas e sordidas ironias deixa-me lhe perguntar. O questionamento que lhe preparei vem das respostas que encontrei na loucura do dia-a-dia.
Se o prazer acelera o tempo, e o tédio o deixa mais lento. Porque os velhos reclamam da agonia de ter vivido depressa demais?


Humor: Medo de ficar careca
Bjo na virilha!

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Feliz Aniversário

Olhos de quem viveu pouco, mas suficiente.
Me deparo com um ano a mais de vida, um ano a mais de por-do-sol.
É o doce veneno da "Experiencia vs Tempo", mas que diferença isso faz?
Um ano a menos, um ano mais....


Enfim.. mais um ano!
Pessoas que convivi que não convivo mais, pessoas que ainda me aturam.
Noites em claro na presença da lua, dias a fio curtindo a luz do sol.
Amigos, colegas, conhecidos... Inimigos. Por quê não?
Paixões, desejos, sonhos... ah.. quantos sonhos!
Já se passaram tantas coisas e quando olho adianta ainda vejo muitas coisas por vir.
Isso me assusta, mas deixa um gostinho de curiosidade, "Só pra ver no que vai dar"!
"Pra lá ou pra cá", me pergunto várias vezes.
Mas vou seguindo o fluxo, nadando contra a corrente... evitando a maré!
Cada coisa ao seu tempo.
Vivi 20 anos como se tivesse vivido.... 20 anos!
Nem mais nem menos, acho que fiz tudo que estava ao meu alcance, busquei o que me faltava, me livreis do que me segurava.
Espero sentir nesse mundo toda a energia que ele tem pra me ofercer. A meta de vida?
Ser feliz, sempre!
Ter a minha liberdade, poder andar aí, simplesmente.
Curtir da melhor forma possível... porque daqui não se leva nada (ufa).

Hoje agradeço por ter minha Família, meu amigos e um mundo ainda verde pra ver.

Enfim... juntando algumas folhas secas do jardim e vendo as azaléias de agosto na janela eu percebi.

Lá se foram 20 invernos!



Humor: Satisfeito
Bjo na virilha!

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Santíssima Trindade

Pensava eu, cá com meus botões, viajando por essa terra
ninguém. O que seria sexo virtual?

Sao milhares de anos cometendo pecados, pessoa jogadas
na fogueira, tendo seus membros mutilados, acreditando
num ideal. Aí aparecem as revistas, os videos e,
finalmente, a maldita zona virtual.
"Sexo grátis", "10.000 fotos pra você", "Clique aqui e
sinta o prazer".

Não...
Me sinto insultado ao ver isso!
Desde de pequenos somos induzidos a negar nosso nobre
prazer, a sentir vergonha do doce desejo, aprendemos a
não beber do nectar sagrado.
Somos forçados a negar a trípice aliança, o três
mosqueteiros, o tripo poder supremo... Enfim!
A Santíssima Trindade.

Apresento-lhes o Vinho, o Sexo e o Cigarro!
Amém.


Esse pecado delicioso que nos flerta, que relaxa, que
faz tudo ficar mais gostoso. É o pecado perfeito!
Então me digam. O que seria o "Sexo Virtual"?
Que coisa mais globalizada!

Já que é pecado tem que ser carnal, aquela coisa de gula
e luxuria. "Tá no inferno? Abraço o capeta".

Cabelo, barba e bigode.
Cama mesa e banho.
Nada de economizar, vamos brindar aquele sarrinho a
qualquer hora, em qualquer lugar.

VINHO, SEXO E CIGARRO!
Não necessáriamente nessa mesma
ordem.



Humor: Excitado!
Bjo na virilha!

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Me confundem as vezes com artista, escritor ou poeta.
Pouco sabem o torpo que fico quando minha mente flerta. Para escrever assim não foi preciso que em fizessem um escritor, basta eu saber que sou livre e me dar um lapis de cor.
Escrevo como se tivesse pintando um quadro novo a cada dia.
Sem rumo, no fim do mundo, pra baixo ou pra cima?
Esse é o espirito que me cerca a toda hora.


Artista são os loucos que entendem o que escrevo nessas linhas tortas!

Bjo na Virilha!

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Sinceramente

E tudo acontece o tempo todo
E o avião cai em um segundo
E o ônibus pega fogo
E o fogo pega em tudo

E vai embora mais um
E ficam no chão mais três
E correm desesperados quarenta
E perdem-se as contas nos cem


E sobe o dolar aqui
Em baixa, eu fico lá
E somem tantos doláres por aí
E somam milhões de fatores no ar

E pra ser sincero....
Eu nem sei o que se passa!

Humor : ??

Bjo na virilha!